Mantenha a coluna reta!

.
Encontrei uma matéria ótima e que vai ser muito útil para várias pessoas na Capricho:
Manter a coluna reta não é bom só pra sua saúde. Também diminui a barriga e faz crescer.

5 motivos para você se endireitar:

1 – Sua barriga fica retinha. Ao melhorar a postura, as gordurinhas que se acumularam ali se distribuem com mais equilíbrio.
2 – O corpo fica mais durinho. Com a postura ereta, você mantém a barriga contraída, mesmo sem perceber e aumenta o tônus local.
3 – Suas articulações sofrem menos! Coluna alinhada não sobrecarrega joelhos, ombros e tornozelos. Bom para quem faz esporte, né?
4 – Dá até para crescer! Com a coluna na posição certa, as vértebras ficam mais afastadinhas. Você pode aumentar até dois centímetros.
5 – Os seios ficam mais firmes. Ombros caídos derrubam os seios. Já quando as costas estão mais retinhas… fica tudo empinadinho!

Qual é o problema?

Não é difícil identificar desvios de coluna. Preste atenção nestes:

Coluna em S ou C: É o desvio acentuado pra um dos lados, conhecido como escoliose. É mais comum entre mulheres, principalmente adolescentes.
Pescoço para frente: Altera bem a parte da coluna que sustenta o peso da cabeça (10% do peso corporal).
Bumbum na lua: Causado por uma curva exagerada da lombar. Traz vários efeitos colaterais, até no jeito de pisar.

“Modo de usar”

Tem um jeito ideal para sentar, andar, deitar e ficar de bem com a sua coluna o tempo todo.

Em pé: Ande com o pescoço reto, a barriga sempre contraída e os ombros abertos, pois assim seu corpo fica reto, repare. Basta relaxar um pouquinho que o corpo despenca.
Sentada: O truque é se apoiar literalmente no bumbum, que é onde ficam os ísqueos, os ossinhos de sustentação da coluna. Os pés ficam encostados no chão – deixe a cruzada de pernas só para a pose.
Deitada: Seja para dormir, seja para se jogar na cama mexendo no celular, não deixa a cabeça e os ombros sem apoio. Use um travesseiro pequeno encaixado no pescoço, alinhando-o ao tronco.

Amigos X Inimigos

Salto: Bota inimigo nisso… Ele muda o equilíbrio dos pés e o corpo acaba se projetando para frente. E sobra para quem? As costas, claro. Use só nas festas.
Celular e computador: É só observar alguém teclando para notar a postura ruim: pescoço curvado, ombro caído, braço pendurado.
Trabalho na cama: Se esparramar no colchão é totalmente errado para sua coluna. Só em uma cadeira você apoia as costas inteiras, sem sobrecarregar o pescoço nem a lombar.
Mochila: Divida o peso do material (que não pode ultrapassar 10% do seu) nas duas alças, penduradas nos ombros e ajustadas às costas.
Sutiã: Se ele não tem o tamanho certo ou a sustentação ideal, deixa o peso dos seios puxar os ombros para frente para compensar, fazendo um “c” na coluna.
Travesseiro: Deitada de lado, posicione um sob a cabeça e o outro entre os joelhos. Desse jeito, a coluna inteira toca o colchão durante seu sono.

Soluções
Tem jeito! Não faltam opções legais para cuidar de verdade da sua postura.
Alongamento: Faz um tipo de massagem nas vértebras, que mantêm seu alinhamento. Além disso, a repetição de posições-chave corrige maus hábitos posturais.
Pilates: Promove a reeducação de toda a musculatura, principalmente das costas e da barriga, justo as que promovem o equilíbrio e a postura.
Auto-massagem: Pressionar os ombros e as costas com movimentos circulares alivia a tensão acumulada na região. Também ajuda a ter consciência corporal.
RPG: Chama-se reeducação postural global. Fortalece e equilibra os músculos da barriga, importantes para alinhar a coluna.
Natação: Faz trabalhar os membros inferiores e superiores. Juntos, eles contribuem para a sustentação do tronco.
Isostreching: São exercícios que alongam e fortalecem ao mesmo tempo. A ideia é corrigir os maus hábitos da postura.

Você sabia?
2 horas e alongue! Esse é o máximo que seu corpo aguenta direto no computador, na tv ou no celular.
20 anos: a partir dessa idade, as vértebras já começam a se desgastar.
83% dos casos de torcicolo são causados por dormir de mau jeito.
Houveram 441 mil casos de escoliose no Brasil, em 2012.

Eu tinha escoliose. A mãe da minha amiga que descobriu, fazendo carinho nas minhas costas. Não tinha mais solução a não ser a cirurgia por causa da minha idade. Então, fiz ano passado,tenho 14 pinos nas vértebras mas não sou mais tortinha como antes. Haha

Quem deu as informações: Cyrus Alexandre, especialista em fisiologia do exercício, biomecânica, traumatologia e reabilitação da Kihon Jiu Jitsu; Maria Luiza Pinheiro, fisioterapeuta especializada em pilates e Xtend Ballet da Soie Pilates.

Deixe uma resposta

*